Volkswagen Magazine

Inovação

Uma identidade para o futuro.

Este carro conhece você e todas as suas necessidades ao dirigir: ajusta seu assento de forma personalizada, escolhe sua música favorita e, em poucos anos, levará você ao seu destino – ah, e também faz com que as emissões de gases nocivos sejam coisa do passado. Conheça o novo Volkswagen I.D.

Texto Mark Espiner
Fotos Volkswagen AG

Ele anuncia uma nova era para os condutores. Uma nova era na mobilidade. Uma nova era de inovação da Volkswagen. E esse futuro está a apenas três anos de distância. O I.D. vai inaugurar uma geração de automóveis.

O I.D. de emissão zero é resultado de uma arquitetura desenvolvida exclusivamente para veículos elétricos. Livres das restrições do motor de combustão ou dos desafios dos carros híbridos recarregáveis, esses automóveis vão operar em um novo nível. Alimentado por um motor elétrico de 125 kW (170 cv) e com uma autonomia de até 600 quilômetros, o I.D. fará com que a emissão zero seja uma segunda natureza para os veículos.

O painel de informações ativas e o display frontal já estão disponíveis nos modelos mais avançados da Volkswagen. O I.D. vai oferecer ainda mais: sem chaves nem alavancas,
ele terá apenas telas.

O I.D. aposentou a chave do carro convencional e a substituiu por uma “Chave Digital”, instalada no smartphone, que desbloqueia e dá partida no veículo. Muitos outros novos recursos vão melhorar a experiência de dirigir.

A notícia foi anunciada no ano passado durante o Salão do Automóvel de Paris: ao revelar o carro-conceito I.D. como um gostinho do que está por vir, a Volkswagen também mostrou a sua visão para além de 2020, o futuro da direção automática. Em 2025, pretende ter um volante que se retraia para o painel com o toque de um botão. Isso dará ao motorista uma percepção de espaço totalmente nova e uma experiência plena de condução automatizada. A sensação de espaço já é evidente no design, que tem interiores amplos graças ao posicionamento do motor no eixo traseiro e da bateria no assoalho.

As características mais inteligentes talvez sejam a conectividade e o uso intuitivo, que se relacionam com as particularidades do motorista. Os condutores terão sua própria identificação da Volkswagen, para que possam desbloquear e dirigir seus carros com um smartphone e armazenar configurações pessoais, como a posição do assento, o perfil de navegação, o controle de temperatura e as listas de reprodução de músicas. A identidade do usuário, que será baixada da nuvem automotiva da Volkswagen, ajudará a conectar pessoas, carros e meio ambiente.

O I.D. será construído de acordo com uma nova arquitetura automotiva, desenvolvida exclusivamente para veículos totalmente elétricos. Isso tornará a “emissão zero” um aspecto natural da condução diária.

O I.D. representa uma nova linguagem no design, onde o item central é o espaço. O carro também antecipa tendências de condução automatizada, com um volante retrátil no painel.

O I.D. em um piscar de olhos

Autonomia: 400 a 600 quilômetros
Velocidade máxima: 160 km/h
Potência do motor: 125 kW (170 cv)
Aceleração (0 a 100 km/h):
< 8 segundos
Lançamento no mercado: 2020